Direção do SERPRO insiste em querer retirar direitos - Sindados-MG